E essa Vacina da Pfizer?

O que precisamos saber sobre a primeira vacina aprovada para COVID 19

Dr. Guili, e essa vacina da Pfizer, essa vacina genética, a vacina que vai colocar material genético do vírus dentro da gente.
Será que ela vai causar câncer? Ela vai mexer no DNA? Ela vai transformar nós humanos em transgênicos? Será que isso tudo vai acontecer?
São perguntas que eu tenho recebido.
Bom, eu acho que isso não vai acontecer. A Pfizer está desenvolvendo uma tecnologia onde ela, em laboratório, envolve o RNA mensageiro do vírus.
O que é isso?
É uma informação, um pedacinho de informação.
E essa informação vai chegar em nossas células e vai fazer com que essas células produzam uma proteína e vai ser exposta na superfície dessas células, que vai gerar uma resposta imune, causando imunidade contra o Corona vírus.
Essa que seria a ideia.
A grande questão é a seguinte: a gente precisa que tenham conselhos muito pesados e fortes de bioética em cima dessas pesquisas.
Por quê?
Uma vez aprovada, a gente libera a indústria para começar a introduzir informações genéticas no nosso organismo.
Mesmo que não se mexa diretamente no nosso DNS, que proteínas mais a gente pode ser capaz de produzir?
Será que podem injetar na gente informações de uma proteína que causa morte celular?
Será que podem injetar na gente a informação de uma proteína que, por acaso, ela cause uma resposta imune super grave?
Então, tudo depende do quanto de bioética a gente tenha nessas pesquisas.
E isso é muito importante. Porquê a gente está abrindo uma porta que é, ao mesmo tempo, muito tecnológica, e pode ser muito vantajosa, mas, também pode ser muito perigoso caso as coisas fiquem apressadas, como parecem que estão.
Então, essa é a minha opinião sobre a vacina, e espero ter ajudado vocês a compreender um pouco, porquê realmente é um tema que não é fácil de entender não.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *