GUILI PECH VAI A BRASILIA DEFENDER O TRATAMENTO PRECOCE

Eu estive recentemente em Brasília, juntamente com dezenas de médicos de todas as regiões do Brasil, que  defendem o início do tratamento precoce contra a Covid-19, para pedir a disponibilização das medicações, principalmente as mais precoces, sejam disponibilizadas à toda a população.

 

O que pude perceber durante o encontro, e ao conversar com alguns médicos, é que eles defendem o tratamento precoce.
Eles dizem que o paciente, assim que confirmado que está com o corona vírus, ele deve iniciar o tratamento o mais precocemente possível.

Primeiro um prazer falar para você telespectador, que a gente tá aqui no Planalto.
Em primeiro lugar vim para prestar solidariedade às famílias das 115 mil vítimas da Covid-19 no Brasil.
Mais importante do que isso, é a gente criar aqui um Marco para que isso não aconteça novamente. Nós somos um grupo de médicos que é representado em todos os Estados da Federação, e entendemos que o tratamento precoce, o tratamento nos primeiros dias de sintoma, é um tratamento mais eficaz, que pode nos ajudar a não ter esses números novamente.

A gente veio pedir então ao presidente, que disponibilize as medicações para toda a população. E o apelo feito pela boca do Presidente, é sempre muito forte né, e ele topou esse desafio junto com a gente. E, a partir desse momento, imagino que seja o Marco em que a história do tratamento e do atendimento ao covid com a disponibilização das medicações, principalmente as mais precoces, ela seja maximizada, seja disposta à toda a população.

E fala um pouquinho, como é feito esse tratamento precoce?

A primeira coisa importante é quando o paciente procura o médico nos primeiros dias de sintomas. Então febre, coriza, nariz escorrendo, congestão nasal, perdeu o olfato, perdeu o paladar, não fica esperando ter falta de ar para procurar um hospital. Busque um atendimento médico, para fazer o tratamento para o Covid.
O médico vai avaliar e vai indicar junto com você, passando pelo seu crivo, as medicações. A Hidroxicloroquina é a medicação mais discutida, mas existem outras medicações possíveis e, a partir desse momento que você recebe e toma a medicação é importante que você siga um protocolo de acompanhamento quase que diário, para entender se os sintomas estão evoluindo, se você vai precisar de alguma outra medicação, se você vai precisar de internação hospitalar, ou se a doença vai seguir o seu curso mais benigno, que é o curso mais comum. Por isso que o atendimento precoce significa ser avaliado por um médico nos primeiros dias de sintoma, e estar acompanhado por esse médico e ter disponível uma gama de medicamentos um deles e talvez o principal seja a Hidroxicloroquina.

Brenda Collen, de Brasília para o Portal Plox Brasil.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *