Peguei COVID-19 e o meu teste de anticorpos está negativo. Por quê

O terceiro e último motivo que eu encontro para explicar esse baixo percentual de pessoas que desenvolvem anticorpos específicos, detectados nos exames de sangue contra o Coronavírus, é o outro tipo de resposta imunológica que não a produção de anticorpos que seja ativa contra o Coronavírus.

Essa semana saiu um artigo, eu estou colocando aqui para vocês verem, mostrando que a imunidade mediada por células T também protege os indivíduos contra o Coronavírus.

Eu não vou ficar aqui tentando explicar o que é imunidade por células T, mas o que a gente precisa saber que é uma imunidade celular, uma imunidade diferente da imunidade que os anticorpos dão.

Vou dar um exemplo aqui é para ver se fica mais claro:

Imagina que o Coronavírus é um invasor, um país invasor, e esse país entra em guerra e invade o Brasil, fazendo um paralelo com o vírus invadindo o corpo humano. E o Brasil vai se defender, vai botar o seu exército, que é o sistema imune, neste paralelo que eu estou fazendo, então vai botar o seu exército para combater esse país agressor.
E nesse combate ele vai usar várias armas, vai usar metralhadora, vai usar revólver, vai usar a diplomacia. Vai usar um monte de coisas, mas ele não vai usar “um míssil”. E aí, imagina nesse paralelo, que o anticorpo seja um míssil.

Se a gente pedir para algum analista tentar avaliar a guerra pela quantidade de mísseis dispensados pelo Brasil, provavelmente esse analista vai dizer que o Brasil perdeu a guerra. Isso pode não ser verdade porquê ele está usando outras armas.  Fazendo aqui o nosso paralelo nessa comparação meio esdrúxula, existem várias armas em nosso organismo contra o coronavírus.

Um exemplo é a que esse artigo fala, as células T.
Então, se a gente mede os anticorpos, a gente está medindo apenas uma dessas armas.
Portanto, eles podem muito bem ser negativos e o sujeito sim ficar imune.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *